12 anos, 12 perguntas, 12 lições com o CEO e cofundador do Physitrack Group, Henrik Molin
www.affarsvarlden.se

12 anos, 12 perguntas, 12 lições com o CEO e cofundador do Physitrack Group, Henrik Molin

Dizem que o tempo voa quando estamos nos divertindo. O que é que pode ser resumido dos últimos 12 anos, desde os primeiros dias da fundação da Physitrack até a atual equipe com mais de 80 membros, ajudando milhões de pessoas?

Fizemos 12 perguntas a Henrik e ficamos sabendo como este humilde líder reflete sobre as 12 lições dos últimos 12 anos.

Prepare-se para se aprofundar na história da Physitrack, saber mais sobre Henrik Molin e descobrir quais inovações estão a caminho no excitante panorama da saúde digital.

não acredite somente na nossa palavra...

1. Você pode nos levar de volta a quando tudo começou? O que é que o inspirou, você e os seus co-fundadores, a criar a Physitrack em 2012?

Cresci numa família onde o empreendedorismo era a norma, por isso não é de admirar que tenha apanhado o bichinho do empreendedorismo desde cedo. O mundo da tecnologia me cativou desde tenra idade e iniciei a minha carreira antes de fazer 20 anos. Era inevitável que acabasse por mergulhar em algo com um impacto significativo. Quando o meu cunhado me apresentou a ideia da Physitrack de digitalizar o percurso da reabilitação, percebi que era a oportunidade de mudança com que tinha sonhado. O conceito de ter um impacto global na vida das pessoas foi incrivelmente inspirador para nós desde o início.

2. Quais foram alguns dos maiores desafios que você enfrentou no início da Physitrack, e como os superou?

Naquela altura, cada dia parecia um novo desafio - construir o produto, alojá-lo (isto foi antes de a AWS se tornar famosa), vendê-lo e encontrar formas de financiamento. Éramos apenas rapazes entusiastas sem qualquer experiência real em saúde digital e as nossas grandes ambições, combinadas com o fato de estarmos no início de um espaço que não estava excessivamente capitalizado ou comercializado, significavam que tínhamos de ser nós a fazer a maior parte do trabalho. Foi difícil e complicado no início, mas isso nos ensinou que o trabalho árduo e a determinação são a chave para o sucesso.

3. Todas as empresas em fase inicial têm os seus momentos decisivos. Quais seriam, na sua opinião, os principais marcos que levaram a Physitrack ao ponto em que se encontra atualmente?

Se você tivesse de escolher um momento marcante, seria quando a Physitrack foi incluída no programa de aceleração da Apple de aplicativos para iPad, em 2015. Isso foi um divisor de águas para nós, pois nos ensinou a criar um produto que ressoasse junto dos consumidores. Além disso, recebemos uma ajuda inestimável na comercialização e passámos muito tempo nas lojas Apple em todo o mundo, falando com potenciais clientes e recebendo feedback direto.

4. As empresas em fase inicial são muitas vezes as que mais aprendem com os seus erros. Você poderia com partilhar um erro ou contratempo significativo e o que aprendeu com ele?

Cometemos muitos erros - como acontece com todas as empresas em fase inicial. O segredo é aprender com eles e nos manter resistentes. O nosso maior erro? Não ouvir um número suficiente de clientes desde o início. Desenvolvemos o nosso produto inicial com base nas nossas suposições e no feedback de apenas um quiroprata em Austin, em vez de coletarmos informações de uma base de clientes maior. Consequentemente, grande parte do nosso trabalho de 2013 até ao início de 2015 acabou no lixo digital quando nos envolvemos com usuários reais em 2015. Felizmente, o programa de aceleração da Apple em meados de 2015 nos ensinou a importância de pensar no cliente em primeiro lugar e a necessidade de redesenhar. Olhando para trás, gostaria que tivéssemos dado prioridade a isto desde o primeiro dia, mas antes tarde do que nunca!

5. Em que projetos ou iniciativas interessantes a Physitrack está atualmente trabalhando? E de que forma estão alinhados com a sua missão de melhorar os cuidados de saúde?

Nunca houve uma momento tão emocionante para nós. A inovação está acontecendo num ritmo acelerado tanto no nosso Lifecare (Physitrack) como no Wellness(Champion Health), com novas funcionalidades e versões fantásticas lançadas só nas últimas semanas. A IA, uma parte importante do nosso processo de criação de conteúdos desde 2019, desempenhou um papel ainda mais significativo para nós no último ano e prevemos desenvolvimentos ainda mais interessantes para os nossos projetos B2B e B2C. Estamos especialmente orgulhosos do que conseguimos fazer com o nosso projeto de Inclusão, com formas muito simplificadas de fornecer reabilitação digital alimentada por IA em comunidades rurais em Ruanda e na Indonésia. O melhor ainda está para vir no que diz respeito ao nosso impacto global!

6. A Physitrack tem estado sempre na vanguarda da saúde digital. Você pode falar sobre algumas das mais recentes inovações tecnológicas que a Physitrack está por implementar?

A nossa primeira funcionalidade de IA, a Copilot Search, melhorou significativamente a eficiência dos nossos clientes, permitindo-lhes passar mais tempo cuidando de seus pacientes e menos tempo lidando com tecnologias complexas. O próximo passo na nossa jornada de IA é o lançamento do nosso Assistente Physitrack. Esta funcionalidade trará o poder da prescrição de exercícios para o seu smartphone, utilizando a IA para selecionar e enviar rapidamente exercícios para pacientes sem a necessidade de um computador. Além disso, planejamos incluir a capacidade de filmar rapidamente um paciente e prescrever os exercícios em tempo real, um método habitualmente utilizado pelos prestadores de cuidados de saúde que ainda não utilizam ferramentas digitais.

7. Como você descreveria a cultura da empresa na Physitrack? Quais valores são mais importantes para você e para a sua equipe?

Tenho orgulho em dizer que criamos uma cultura que equilibra o elevado desempenho com uma perspectiva saudável do nosso ambiente de trabalho. No nosso ramo de negócios, que está em rápida evolução, seria ideal avançar no nosso próprio ritmo, sem stress, mas temos de nos manter à frente para continuarmos competitivos, o que pode ser estressante. O nosso forte conjunto de valores incentiva o feedback bidirecional, nos permitindo avançar no ritmo necessário e, ao mesmo tempo, fornecer aos nossos líderes e aos membros da equipe as ferramentas de que necessitam para manter o seu bem-estar. Tomamos emprestado o valor mais importante para alcançar estes objetivos, o "Lead up the chain", dos Navy SEALS, e penso que esta abordagem nos ajuda a alcançar o sucesso de forma saudável e sustentável.

8. . Você pode compartilhar uma situação marcante ou feedback de um cliente que destaque o impacto que o Physitrack teve em sua prática clínica ou com seus pacientes?

Há tantas histórias fantásticas por aí e, nesta altura, temos impactado a vida de cerca de 7 milhões de pessoas por ano. A mais memorável para mim é muito próxima de casa.

Quando a minha mãe fez cirurgia de quadril, o fisioterapeuta lhe deu um aplicativo para auxiliar na recuperação. O meu pai me enviou uma mensagem, dizendo que ela tinha recebido um aplicativo chamado PhysiApp e me perguntou se eu conhecia o fornecedor do software. Eu lhe disse: "Sim, pai, é a Physitrack, a empresa que fundei e que tu inspiraste ao longo de todos estes anos". Foi um momento comovente e foi incrível ver a nossa inovação chegando até o norte da Suécia.

9. Falando de um assunto mais leve, o que você faz para se descontrair e se manter inspirado fora do seu trabalho? Você tem algum passatempo ou interesse que lhe ajude a se manter equilibrado?

Adoraria dizer que me descontraio e que tenho momentos em que não estou pensando na empresa, na nossa equipe e em todas as vidas que tocamos, mas, na realidade, estou ligado a maior parte do tempo. São tantos os desafios e as oportunidades fantásticas que desligar não é realmente uma opção. Tento me manter cuidando do meu bem-estar pessoal, incorporando rotinas que garantam um sono de qualidade, para me manter saudável e com elevados níveis de energia. Leio vorazmente uma mistura de livros de negócios, biografias e de ficção, normalmente 30 a 40 livros por ano, e ouço muitos podcasts, que considero serem um ótimo atalho para aprender com as mentes brilhantes de empresários e executivos de sucesso. Quando tenho algum tempo pessoal, gosto de escrever - no último ano, tenho escrito a história da Physitrack desde a sua fundação até o presente (250 páginas até agora), através da nossa louca viagem para lançar a empresa na bolsa de valores Nasdaq em 2021. Também adoro tocar guitarra e cantar. Costumava fazer espetáculos regulares com a minha banda de covers, mas como o trabalho se tornou mais intenso, tive de parar há alguns anos. Espero poder voltar um dia.

10. O que você mais gosta no que faz?

Adoro ver a inovação em movimento, especialmente quando se trata dos nossos produtos e das funcionalidades que os tornam excepcionais. Ver equipes específicas - e por vezes toda a empresa - se reunir em torno de inovações fundamentais para garantir o sucesso é incrivelmente inspirador. Me sinto privilegiado por fazer parte de um processo tão dinâmico e criativo.

11. Olhando para o futuro, qual é a sua visão para a Physitrack nos próximos cinco a dez anos? Quais são os seus grandes objetivos que espera alcançar?

Sinto que apenas começamos a nossa viagem. Ainda há tanto para fazer e tanto impacto que podemos ter em todo o mundo. Não há um único mercado em que eu acredite que tenhamos saturado a necessidade de grandes ferramentas para cuidar das pessoas necessitadas. Nos próximos anos, vislumbro um enorme aumento na utilização dos nossos produtos. O que nos levará até lá é um foco incessante na inovação, utilizando as melhores e mais recentes ferramentas à nossa disposição, aplicadas por equipas incríveis de pessoas que estão empenhadas em fazer a diferença para aqueles que realmente precisam de nós em todo o mundo.

12. Se você pudesses dar um conselho ao seu "eu" mais jovem quando começaste com a Physitrack, qual seria?

Ficaria surpreendido se o meu "eu" mais novo me ouvisse, porque o meu "eu" mais novo era muito teimoso. Essa seria provavelmente a primeira coisa que eu mudaria. Mas, brincadeiras à parte, ouvir os clientes, lhes oferecer ótimos produtos, fazê-los ver o valor e inovar incansavelmente é provavelmente a melhor coisa que se pode fazer como empresário. Manter as coisas simples assim é o que eu procuraria insistir com o meu jovem teimoso. Ah, e o lembraria de não se esquecer de tocar guitarra, porque isso o faria muito feliz.

Pergunta bônus: Qual foi a coisa mais surpreendente que você aprendeu sobre si próprio através do seu trabalho com a Physitrack?

A coisa mais importante que aprendi foi que não há problema em ser vulnerável em frente a equipe. Não faz mal nos abrirmos e falarmos sobre os desafios, admitir quando não estamos no nosso melhor, ou reconhecer que não somos sobre-humanos.

É fantástico ter uma equipa fantástica que se junta à nossa volta quando nos sentimos assim e que nos ajuda a transformar uma situação difícil em algo maravilhoso. Cresci e construí a minha carreira de 30 anos na área da tecnologia e das finanças com base no fato de ser sempre forte, de ter tudo controlado e de ter sempre a resposta certa para tudo. Não ter de ser assim o tempo todo foi um grande alívio para mim, um grande impulsionador dos resultados empresariais - portanto, uma surpresa muito bem-vinda!

Ao enviar este formulário, o usuário concorda em autorizar a Physitrack a processar os seus dados para satisfazer o seu pedido, em conformidade com a nossa política de privacidade
Obrigado! Por favor, verifique a sua caixa de entrada - o guia chegará dentro de alguns minutos 🥳
Oops! Alguma coisa deu errado ao submeter o formulário.

5 maneiras de melhorar a pesquisa de exercícios com o Copilot Search

Sente-se sobrecarregado por ter que conciliar os cuidados de saúde e tratamento de qualidade para seus pacientes com tarefas administrativas?

Na Physitrack compreendemos os seus desafios. Foi por isso que criamos o Copilot Search - uma ferramenta inovadora concebida para simplificar o seu processo de prescrição de exercícios. Com acesso a mais de 17.000 vídeos de exercícios, o Copilot Search lhe ajuda a encontrar os exercícios perfeitos de forma rápida e eficiente.

Tem curiosidade em saber como funciona e como transformar o atendimento do seu consultório?

Mergulhe no nosso guia para descobrir as vantagens da prescrição com o Copilot Search por IA e aprenda instruções práticas para obter exatamente o que precisa em segundos.

E se a prescrição de exercício pudesse ser ainda mais rápida?

Às vezes é preciso atribuir um programa o mais rápido possível. Apresentamos o EasyAssign da Physitrack: atribua programas diretamente a partir do cesto de exercícios, sem detalhar os parâmetros do exercício, apenas com uma breve instrução, que pode ser personalizada de acordo com as necessidades individuais do paciente. Mas como é que isto funciona? Vamos descobrir.

Quebrando fronteiras: A Fusão da Fisioterapia e da IA

No mundo dinâmico da fisioterapia, os avanços tecnológicos continuam a moldar o panorama dos cuidados aos pacientes. Embora haja uma resistência saudável em relação à IA e às suas implicações, a IA tem muito a oferecer, o que talvez ainda não tenhamos compreendido totalmente.

Imagem da Clínica Movement

A Movement Clinic, focando no "movimento" para um propósito maior

A Movement Clinic está sempre procurando formas de aperfeiçoar o seu atendimento em reabilitação. Com a Physitrack, deram um passo à frente para aprimorar o bem-estar e a mobilidade de seus pacientes.

> 1100

número de empregados

2018

Início de utilização da Physitrack

> 12,000

operações por ano

Imagem da Clínica Movement

A Movement Clinic, focando no "movimento" para um propósito maior

A Movement Clinic está sempre procurando formas de aperfeiçoar o seu atendimento em reabilitação. Com a Physitrack, deram um passo à frente para aprimorar o bem-estar e a mobilidade de seus pacientes.

> 1100

número de empregados

2018

Início de utilização da Physitrack

> 12,000

operações por ano

Imagem da Clínica Movement

A Movement Clinic, focando no "movimento" para um propósito maior

A Movement Clinic está sempre procurando formas de aperfeiçoar o seu atendimento em reabilitação. Com a Physitrack, deram um passo à frente para aprimorar o bem-estar e a mobilidade de seus pacientes.

> 1100

número de empregados

2018

Início de utilização da Physitrack

> 12,000

operações por ano

seta para a esquerda
seta para a direita

Pronto para começar? 

Junte-se a milhares de profissionais satisfeitos e eleve o seu consultório para o próximo nível. A solução perfeita para lhe auxiliar em todo o percurso do seu cliente. Tudo num único aplicativo.

Prescrição de exercícios
Coleta de dados dos desfechos e dos questionários para ajudar a sua análise
Telessaúde e envio de mensagens